Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dança da Maldição

Vamos dançar uma dança maldita?
Na verdade não me importa a dança, não
A dança fica por tua parte,
Da minha parte, a maldição.

Queres dançar um jazz?
Que assim seja, o jazz maldito
Dançaremos até a morte
À beira de um precipício.

Tem que ser uma dança honesta
Não haverá empurrões
E independente de quem caia primeiro
Morrerão dois corações.

Não há problema algum
Se não sabemos dançar
Aprenderemos os passos no precipício
Mais excitante há de ficar.

Então começaremos a dança
Sem som, sem luz e sem emoção
Vamos dançar até a morte
A Dança da Maldição.

Se você cair, eu jogo uma corda
Pra que voce segure bem forte
E depois, com cólera, me puxe
Para conhecermos, juntos, a morte.
Júnior Leal
Enviado por Júnior Leal em 08/03/2005
Código do texto: T6027


Comentários

Sobre o autor
Júnior Leal
Lagoa Santa - Minas Gerais - Brasil, 35 anos
958 textos (33243 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/11/20 20:06)
Júnior Leal