Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Abro a porta da Alma 

 

Abro a porta da Alma

para o coração entrar

para olhar o Luar

e as flores no jardim,

abro a porta ao carinho,

aos sonhos, à fantasia,

ao amor e à alegria,

ternura que vive em mim.

 

Abro a porta à poesia

à Paz, à Felicidade

às certezas e à verdade

ao amigo e ao alento,

Abro a porta ao meu Deus

ao afecto, ao pensamento

que da luz dos olhos teus

eu viva cada momento.

 

Dulce Saldanha
04.08.2007
 
Poesia apresentada 
no 1° Sarau de poesia do
WWW.SACPAIXAO.NET  
na noite de 17/08/2007

CONHEÇA MAIS O TRABALHO DE
DULCE SALDANHA ACESSANDO:

HTTP://GROUPS.MSN.COM/AMIZADEEPOESIA
Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 18/08/2007
Reeditado em 18/08/2007
Código do texto: T613494
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Edvaldo Rosa
São Paulo - São Paulo - Brasil, 59 anos
1822 textos (191686 leituras)
23 áudios (10882 audições)
40 e-livros (11110 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/05/21 04:39)
Edvaldo Rosa

Site do Escritor