Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DESILUSÃO

Caminhava reto nesta estrada
Construindo pontes de concreto.
Para os teus pés fiz a calçada
Com cimento e muito afeto.
 
Um feixe de luz em minha vida
Brilhava intenso neste momento
Uma força terna embora combalida
Evitava velhas brigas e sofrimento
 
Mas é que o passado sempre à tona
Te fez carrasca cega e cruel algoz
Buscando provas de alguma traição.
 
E quando mais te amava, minha madona!
Rompes nossos laços de maneira atroz
Restando no nosso peito a ingratidão.
 (Arcoverde, 11/07/2007)
Rubens Leite
Enviado por Rubens Leite em 23/08/2007
Código do texto: T620735
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rubens Leite
Sertânia - Pernambuco - Brasil, 55 anos
102 textos (24417 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 19:24)
Rubens Leite