Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VORAZ

O que gesta
a vida devora.
Filho dessa dor,
o medo não dorme;
antes,
marca ponto
todos os dias
em sua sala de estar.

Então,
colado na teia,
nessa espera,
você teima
qual inseto
fascinado
pela aranha.

  A vida devora
o que pacientemente
     gesta.
Ana Másala
Enviado por Ana Másala em 23/08/2007
Reeditado em 31/05/2009
Código do texto: T621093
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ana Másala
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil
119 textos (11027 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 05:35)
Ana Másala