Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Confinado!




Eu que vivo confinado,
Na casa do tempo,
Na casa do vento,
Nos pensamentos eu vôo!
Pela pena
Que abraça, toda a estrada, por que passas,
Mesmo não tendo asas, passo a passo eu vôo!
Como que em espera,
Sinto o pulsar da esfera e vôo!
Eu que o confim me abraça,
Eu que os braços abraçam braças de terra, vôo!
Em meio ao tempo,
Que é minha casa,
Em que é também morada dos ventos que me levam, vôo!
Eu que tenho pernas e não asas, vôo!
De tempo em tempo!
De casa em casa!
Pensamento em pensamento!
Vôo como se tivesse asas...


01/11/87
Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 22/10/2005
Código do texto: T62174
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Edvaldo Rosa
São Paulo - São Paulo - Brasil, 59 anos
1820 textos (190502 leituras)
23 áudios (10877 audições)
39 e-livros (11008 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 31/10/20 10:07)
Edvaldo Rosa

Site do Escritor