Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Perímetro Urbano

Depois de atravessar o travesseiro
com meus sonhos de menino
e debulhar uma flor destino
que me chega aqui primeiro...

E porque causa tanta luta?
Com essa fome absoluta
de acordar como criança,
com essa mania puta
de alcançar além da França?

Os meus heróis não são de barro
e por mais que os venero
heis que numa sina me amarro
heis que é a vida que eu quero

Depois de atravessar o mundo inteiro
na procura de me achar
vou de Kuala Lumpur ao Qatar
e serei a última peça de um tabuleiro

E se essa fome obtusa
fosse a força que me usa
e fosse o limite de um cercado
nos farrapos de uma blusa
pra guardar um homem cansado

Assim, vou buscando a minha paz
pois há guerras por vencer
pelas mãos de um capaz
pelos beijos de uma mulher
Márcio Ahimsa
Enviado por Márcio Ahimsa em 12/01/2018
Código do texto: T6224128
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Márcio Ahimsa
São Paulo - São Paulo - Brasil
128 textos (4790 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/09/20 14:27)
Márcio Ahimsa