Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


Obcecado por Afeto
 
 
 
...repetidas vezes
descia as escadas
 
e na cozinha
estava o mesmo
fogão a lenha,
 a extensa mesa
convidando a família
ao café matutino,
a mesma cesta de pão,
a margarina rançosa,  
afetos de ranços 
 
a velha cozinheira
que era ao mesmo tempo  
a segunda mãe,
a irmã mais velha,
a velha  babá,
a tia solteirona,
a proteção contra
a chinelada da mãe histérica...
 
...repetidas vezes...
 ora a criança
ora o jovem
Agora o velho que ora.
 
tão rotineiro
tão cotidiano
tão costumeiro
que nem se dava conta
que isto tudo
era passageiro
e
que tudo  
e
que todas estas pessoas
que ali se assentavam
com o ‘bom-dia’
repleto de diferente humores,
um dia passaria,
um dia tudo acabaria,
um dia seria só
e

somente
tudo na lembrança
seria  tudo reminiscência
tudo saudade.
 
De tanto saudar
todos ficariam soldados
 com solda firme
na mente.
 
semente na memória
 
Repetidas vezes...
como obcessão.

Ressaibo nostálgico.
 

 


 
Leonardo Lisbôa
Barbacena, 13/01/2017
Caderno da Senectude.
 
 
_ POETAR_
https://www.facebook.com/PoetarPoesiaArte/
http://www.leonardolisboa.recantodasletras.com.br/
#poetarfacebook      #leonardolisboarecantodasletras
 
 
 
ESCREVA PARA O AUTOR:     
conversandocomoautor@gmail.com
 
Leonardo Lisbôa
Enviado por Leonardo Lisbôa em 13/01/2018
Código do texto: T6224813
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Leonardo Lisbôa
Barbacena - Minas Gerais - Brasil, 59 anos
1718 textos (37274 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/11/18 10:20)
Leonardo Lisbôa

Site do Escritor