Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Teu cheiro!




Teu cheiro, teu gosto invade o meu ser,
fazendo-me vibrar,
teus lábios tão doces,
postos ambos em um beijo,
mais que um doce momento,
também me faz vibrar!
Teus olhares me vão queimando,
Me vão aquecendo,
com o calor que neles há!
Teus braços, “tentáculos”, a me abraçar,
Me tem preso,mas não quero me libertar!
São eles os mais belos elos que a ti me tem preso,
Suas mãos são as que me podem libertar!
Em ti há tantos elos, dos quais não quero me libertar...
Em ti não encontro sofrimento,
o estar preso a ti não traz nenhum penar!
Não existem queixas,
não existem lástimas as quais lastimar!
Por isso quero-te aqui, agora, já!
Amo-te enfim, quero-te para mim...


21/04/82
Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 22/10/2005
Código do texto: T62270
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Edvaldo Rosa
São Paulo - São Paulo - Brasil, 59 anos
1820 textos (190716 leituras)
23 áudios (10878 audições)
40 e-livros (11028 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/20 12:08)
Edvaldo Rosa

Site do Escritor