Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vento!




Vento que passa,
Chama outro vento
E esvai-se pelos momentos
E não volta mais!
Muitos foram os que se foram,
Vendo um existir, existir só!
Contaram a brizas fugazes,
Que trouxeram em seus braços de ares,
Um perfume só!
Inalado, transformando a solidão...
Sentir o perfume e sonhar com a rosa,
Teceram coisas estranhas,
Que Deus, só Deus, explica só!


03/07/83
Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 22/10/2005
Código do texto: T62320
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Edvaldo Rosa
São Paulo - São Paulo - Brasil, 59 anos
1820 textos (190699 leituras)
23 áudios (10878 audições)
40 e-livros (11028 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 01/12/20 17:09)
Edvaldo Rosa

Site do Escritor