Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Barqueiro

Sou o barqueiro
do amor
deslizo pelas margens
de um lado a outro

Sinto os remos
beijados pelas gaivotas
que dançam sem cessar
com piares suaves

Basta um chamamento
e os namorados
entram sorridentes
talvez desconfiados

Os beijos sucedem-se
a cada remada
e o Sol resplandecente
sorri com malícia

Os golfinhos
brincam à minha volta
e os namorados
continuam cobertos de amor

Chegados ao destino
abraçadinhos vão
e esquecem-se da gorjeta
para alimentar meus sonhos.
pedrovaldoy
Enviado por pedrovaldoy em 26/08/2007
Reeditado em 01/02/2010
Código do texto: T625205
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
pedrovaldoy
Portugal
592 textos (4880 leituras)
4 e-livros (58 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 04:49)
pedrovaldoy