Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

de música e de poesia 65

Sou toda orifícios,
sou toda poros.
Sou tapete de vime tirado de dedos treinados e vermelhos
nativos do Xingu.

Deixa-me respira
que minha silhueta
dá vida a Maria: o fogo no Mato Grosso
me provoca cólicas amnorréicas.

Então eu novamente a subir as escadas ardentes
que me levam à lua:
o elevador-foguete

transportando ao lar-hologrâmico
os que vão ao oitavo andar do
prédio inacabado: prisão a proteger quem reside

quem transgride
o deireito de não voltar.
Thai
Enviado por Thai em 27/08/2007
Reeditado em 27/08/2007
Código do texto: T626047
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Thai
São Paulo - São Paulo - Brasil, 34 anos
344 textos (5437 leituras)
2 áudios (42 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 08:00)
Thai