Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pausa

Pausar os olhos,
sentir o calor do aconchego no pensar
brisa leve em dueto com o mar,
nas mãos toda a energia
e um sorriso do próprio coração
a dançar o mesmo ritmo calmo
com batidas de veludo,
na voz o silêncio instalado;
instantes de ternura do ser.

Pausar os olhos,
meditar a paisagem de dentro
apagar qualquer inverso,
sentir nas palavras da pele
os versos mais brandos,
envolver-se num manto de paz
cochilar os sentidos
sonhar com qualquer abrigo;
adormecer de si em si...

...e despertar entre poemas.
Pupila
Enviado por Pupila em 23/10/2005
Código do texto: T62782
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
Pupila
São Paulo - São Paulo - Brasil
725 textos (22742 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/08/20 11:28)
Pupila