Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POEMA ÀS MENINAS NASCIDAS EM MARÇO

A falta de sentido das coisas
Quando você apararece nos meus sonhos
Sinto a realidade escapulir
De repente é crepúsculo
E o amanhã está cancelado para nós dois
Terrível momento
Se erguendo sutil na nossa simbiose
Voracidade do tempo
Consentindo na conspiração
De repente é março
E você nasce como um espectro relutante
Atormentando a todos que cruzam seu caminho
Mutante, sacerdotisa
Você nem imagina
O significado de se masturbar em sua intenção
E prefere vociferar contra as dúvidas
Que estão dentro de você
De urgência você não saca
Nem do avesso das coisas
(Angústias, frustrações, fugas)
Aí vai um conselho:
Siga a vida
Faça o que quiser
Goze quando quiser
Que a lógica da culpa não atrapalhe
Devaste a solidão que lhe atormenta
O sonho não se dispersa, nem se estilhaça
Quando somos cumplíces do destino.


















































































































































































































































 
JOAQUIM RICARDO
Enviado por JOAQUIM RICARDO em 29/08/2007
Código do texto: T629318
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JOAQUIM RICARDO
Camaragibe - Pernambuco - Brasil, 57 anos
2304 textos (41715 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 19:42)
JOAQUIM RICARDO