Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Atando os Nós

Tudo que por ai há
Há de ser provado
Há de ser sentido
Há de ser contrariado.
Há de ser esquecido.

Hei de provar do gosto raro
Que tem a paixão quando surge
repentinamente e aceleradamente,
Alterando as batidas do meu coração.

Hei de sentir o momento ideal
Para revelar o que sinto
Para alguém sem temer a desilusão,
Ainda que estejas diante de mim
É provável que seu coração esteja mais distante do que o Sol da Terra.

Hei de contrariar meus sentimentos
Que nem sempre condizem com os meus desejos
Não hei de ficar numa gangorra sem saber o peso maior:
Se é o desejo ou o sentimento, a carência ou a paciência.
Definitivamente sou forçado a me contradizer.

Hei de esquecer tudo que passei
São lembranças desnecessárias
Experimentei, senti, contrariei
O que fica é a lição de que o caso mal resolvido
Um dia voltará até que o nó possa se firmar.

29/08/07
Miguel Rodrigues
Enviado por Miguel Rodrigues em 29/08/2007
Código do texto: T629621
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Rodrigues
Barueri - São Paulo - Brasil, 34 anos
1513 textos (44418 leituras)
6 e-livros (1682 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 03:51)
Miguel Rodrigues