Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poesia

Tenho uma poesia
Na alma, pra te escrever
Ela vem e volta. De repente desaparece, e reaparece
Aparece em meus olhos, meu coração, meus lábios

Esta poesia está presa no peito
Um grito no infinito!
Fátima Batista
Enviado por Fátima Batista em 03/04/2018
Código do texto: T6298881
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fátima Batista
Santo André - São Paulo - Brasil, 56 anos
1436 textos (75059 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/06/19 18:37)
Fátima Batista