Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

-*- Mulher -*-

És imensa como a lua
e explêndida como o amanhecer.
Da terra és filha nua
e do teu ventre faz viver.

De cabeça erguida
com o olhar no horizonte,
Enfrenta sua vida
e das batalhas não se esconde.

Carrega o brilho da noite
dentro dos teus olhos,
e na pureza de tuas lágrimas
o consolo dos teus sonhos.

Com a delicadeza das flores
e a simplicidade do mar,
Faz no mundo seus amores
e neles, a razão para amar.

Eles pensam no sucesso
e almejam o explendor,
eles praticam sexo
enquanto vocês fazem amor.

Amaldiçoada você não pode ser
nem ao menos pecadora,
pois não podemos fazer sofrer
nossa própria criadora.

Mesmo lamentando a vida
e cansada de existir,
Lhe proponho uma saída
basta apenas me ouvir.

Mesmo que estiver triste
peço apenas um segundo,
para dizer, que és tu, mulher,
a beleza desse mundo.


NOTA DO AUTOR: Em Construção...
Bruno Gross
Enviado por Bruno Gross em 02/09/2007
Reeditado em 07/09/2007
Código do texto: T634814

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Bruno Gross
Sapucaia do Sul - Rio Grande do Sul - Brasil, 27 anos
10 textos (344 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 19:13)
Bruno Gross