Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Gesto Ínclito

Despassagens já se foram
com o tempo carcomido e absurdo!
Ignoro becos sombrios
e me inclino ao gesto ínclito
que permeou desacertos passados.
Quantas vezes acolhi desistências
e me refugiei em meus próprios medos?
Quantas vezes lancei o olhar
em minhas próprias mesmices
em busca de me despedir?
Hoje, basta-me o silêncio...
que eu o seja em mim...

Poema e foto:
Maria
Enviado por Maria em 03/06/2018
Código do texto: T6354001
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria
Blumenau - Santa Catarina - Brasil
5065 textos (209670 leituras)
1 e-livros (175 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/07/19 09:07)
Maria

Site do Escritor