Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Duas irmãs, dois corpos...*

Duas irmãs, dois corpos,
Abrindo para suas sexualidades
No perigoso jogo da sedução
Disfarçam um olhar inibido
Quase desinteressado
Mas, o desejo aflora na pele,
No cheiro, no baixar a cabeça,
Como se consentisse de imediato
Aquela aproximação que anseiam
Os pequenos mamilos se dilatam
Com tanta força & vigor
Que o centro virginal se umedece
Num fulgor que só a paixão entende
Sentir & não ter certeza dos sentimentos
É a barreira a ser quebrada
Duas irmãs, dois corpos,
O desejo passeia pela rua
O desejo passeia
No desejo!

Peixão89
(*Faz parte do Tombo XXI – “Para Sentir” 1993)
Peixão
Enviado por Peixão em 07/09/2007
Reeditado em 25/08/2008
Código do texto: T642173
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 58 anos
3231 textos (120535 leituras)
1 e-livros (243 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 18:56)
Peixão