Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LÁ FORA

A poesia, fora de casa,
perdeu a chave, o nome,
a arte, a beleza,
o fulgor...
Resta um carro estacionado,
dinheiro guardado,
capote no armário,
doce na geladeira,
um piano desafinado.
Dicionários ocupados com eruditos,
garatujas desenhadas por malditos,
fonemas esculpidos nas omoplatas,
centenas de homens gritando na Bolsa...
Dizem que a loucura comprou um prédio,
empregou militares, milhares deles,
que a Rússia inventou uma nova bomba,
que o Bin Laden já é avô de garotos-bomba,
que lá fora, onde nenhum pé pisa em segurança,
nasceu um novo poeta, cheirando à leite,
escreve no aço, na pluma, no ônix, na madeira,
que anda pelas cidades sitiadas,
que diz palavras desconexas,
queama, acima de tudo,
incondicionalmente.
Preto Moreno
Enviado por Preto Moreno em 12/09/2007
Código do texto: T648977

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Orivaldo Grandizoli). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Preto Moreno
São José do Rio Preto - São Paulo - Brasil
7525 textos (108266 leituras)
19 áudios (163 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 17:11)