Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VIVENDO E FALANDO DA TRISTEZA!


A tristeza é única e indivisível.

Ela existe e entra em nossas vidas para nos trazer a essência da alegria (não saberia senti-la se não experimentasse a outra face)!

Pois isso é a vida. Triste e feliz, uma eterna mistura edificante!

Escrevo motivado pela minudente observação dos encontros e da dor oriunda dos desencontros... dos vários preconceitos estabelecidos por tantos seres infelizes que não conseguem sorrir e fingem uma pseudo alegria, fogem das oportunidades que surgem porque os rótulos, às vezes, são mais importantes do que os próprios sentimentos nascidos.

Escrevo porque consigo libertar as algemas da minha alma me despindo das fantasias e das impossibilidades que ornamentam tantas infelicidades oriundas dos sonhos impossíveis!

Enfim, vivo e escrevo! Tenho a necessidade de viver e ser feliz... Sem regras alheias! Elas não me fazem melhor e nem me outorga a felicidade!

©Balsa Melo
13.08.2005
Cabedelo (Intermares)- Paraíba
 
BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)
Enviado por BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO) em 16/09/2007
Código do texto: T654698
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)
Uberaba - Minas Gerais - Brasil
3010 textos (87931 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 05:33)
BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)