Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sobras De Vento

A chuva cai sobre
o tapete de folhas mortas.
Ouvindo seu pipocar,
sinto chover dentro
em minha alma.

Chuvas de bençãos,
chuvas para molhar
a semente de amor
dentro em meu coração.

Os sentimentos se acalmam
e navegam o interior da alma
dolorida pela tempestade
que a devastou.

Ainda sopram ali
sobras de ventos de saudade
e uma pontinha de dor
pelo seu silêncio.

Todas as velhas perguntas
não foram respondidas
porque em meio à tempestade
não encontramos respostas,
apenas aprendemos a ter
o senso de procura
por lugar de refúgio
onde possamos sobreviver
a intensidade das ventanias...
 
Sobrevivi a mais um temporal...
minhas forças voltaram...
sinto-me amadurecida...
mas não sei mais para onde ir...
sem você ao meu lado...
não sei o que fazer e nem para onde ir...
Maria
Enviado por Maria em 16/09/2007
Código do texto: T654732
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria
Blumenau - Santa Catarina - Brasil
4823 textos (194916 leituras)
1 e-livros (121 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/17 22:52)
Maria

Site do Escritor