Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soneto "COMPLICADINHO"

Sou o gris que não se abre
embora o sol brilhe vivaz...
Sou asa em corpo de sabre
embora a brisa sugira Paz...

Sou dificil, sou complicado
na simplicidade do dia a dia
e, às vezes, nem ouço o recado
que me é dado pela Poesia...

Cada qual, tem o seu par...
cada coisa, está no lugar...
tanta harmonia eu nunca vi...

E me assalta uma pergunta:
se há tanta esplendência junta,
o que é que estou fazendo aqui ?...
Marinhante
Enviado por Marinhante em 17/09/2007
Código do texto: T656064
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marinhante
Rio Grande - Rio Grande do Sul - Brasil, 74 anos
114 textos (1447 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 19:23)
Marinhante