Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

APOSTA ÍNTIMA

Só no tempo acumulo a minha crença,
dou ao mesmo a função da cura plena,
deixo a vida esperar por seus prodígios
ante o mundo que gira sem repouso...
Ponho as horas no tom do meu compasso,
minha lida compõe essa esperança,
faço minhas as órbitas do vento
que se lança no abismo do infinito...
Quem achar que dou crédito ao volume
de palavras bordadas, esculpidas,
mal servidas de chão, perdeu meu vôo...
Dei adeus às pessoas e morri
pra falácias, neons e velhas loas;
é no tempo que aposto qualquer sonho...
Demétrio Sena
Enviado por Demétrio Sena em 17/09/2007
Código do texto: T656199
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Demétrio Sena
Magé - Rio de Janeiro - Brasil, 56 anos
3145 textos (63126 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 17:32)
Demétrio Sena