Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ESTA É MINHA VIDA SEM VOCÊ!


REVIRO O ESPAÇO DESAJEITADO ENTRE UM E OUTRO PASSO...

TANTAS MIUDEZAS SIGNIFANTES COMPONDO O MOBILIÁRIO OCIOSO SEM VOCÊ!

O VENTO BALANÇA E A ASSOPRADA SOLIDÃO FIGURA OCUPANDO CADA ESPAÇO!

SOERGO-ME COM UM RISO DESBOTADO E A SOBERBA AMARGURA SALTITA PROVOCANDO AS LÁGRIMAS PULADORAS A SALTAREM ROSTO AFORA!

O BARULHO DO VAZIO É REPERCUTENTE!...INCOMODA-ME COM A SUA PREPOTÊNCIA, POIS ELE TEM A CERTEZA DE SER O ÚNICO RESIDENTE NESTE ESPAÇO VITAL DO MEU CORAÇÃO!

CAMINHO INCONTÁVEIS VEZES E, JUNTANDO FARRAPOS DE LEMBRANÇAS, PEÇO LICENÇA À SOLIDÃO PARA DEITAR-ME EM SEU LUGAR!

ESTA É A MINHA VIDA SEM VOCÊ!

VENHA SUBSTITUIR A SOLIDÃO!

©Balsa Melo
28.08.2005
Cabedelo - Paraíba
BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)
Enviado por BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO) em 18/09/2007
Código do texto: T658191
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)
Uberaba - Minas Gerais - Brasil
3010 textos (87934 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 20:56)
BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)