Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

RETRATO DO DELÍRIO

Contemplo a tua foto cuja luz
faz da madrugada mulher,
e conto na memória as rosas
que hei de te enviar, não porque
seja persistente, mas porque dos guerreiros
que portando asas chegam do sol,
sou o aterrisante
encantado pela tua aparência marinha

Difícil não ficar encantado.
A sexualidade é uma corrente
de rosas e orquídeas em torno da beleza,
o belo é o sexo da mulher
cuja pele é o retrato do delírio.

Como é possível te conquistar?

Te querer é condição, melhor fora
não olhar-te, mas olhada,
o desejo comparece, tirânico e desafiador
e mesmo assim as noites frente ti tão viva na foto
têm a carne da mulher nas ondas da brisa,
e no sonho com teu corpo esplêndido e marítimo
a lua oferece-te o sexo transformado em botão de rosa
suspenso no céu que este ávido vampiro teima
em alcançar
Eriko y Alvym
Enviado por Eriko y Alvym em 19/09/2007
Reeditado em 12/11/2007
Código do texto: T659168

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (ERIKO ALVYM e www.erikoalvym.zip.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Eriko y Alvym
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1310 textos (32849 leituras)
8 áudios (1083 audições)
2 e-livros (177 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 05:18)
Eriko y Alvym