Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Recomeço


Na linha reta, o desvio
o amor na contra-mão
a vida sem direção

no desalinho, o vento tardio
tardo em versos, deixo de ser
quero apagar, quero esquecer

o traço, o laço, o abraço
nada importa, se me desfaço
em caminhos sinuosos a percorrer

ardente, a alma queima e sufoca
o completo vazio que ficou em nós
o aturdido grito de minha voz

as cores, as dores, os dissabores
os mesmos nós, atados e sós
impedindo-nos de novos amores

desvencilhemos essas amarras
deixemos os caminhos retos e vazios
para novas aventuras e outros desafios


Francis Faria
Enviado por Francis Faria em 19/09/2007
Código do texto: T660024
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Francis Faria
Jandaia do Sul - Paraná - Brasil, 46 anos
637 textos (28144 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 19:19)
Francis Faria