Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ápice da Poesia

Em cada palavra,
Em cada gesto,
A emoção nas mãos,
Não sabia o que seria,
Não a queria maltrapilha,
Nem muito menos burguesia,
Mas a queria com asas
Sem senso de tempo,
Ela era linda...
Aproximava-se com trejeitos
De fada e vulcão,
Sedução pura no olhar
Escorrendo nos dedos,
Beijos em versos
Caiu-me como uma pétala
Aveludada e corajosa,
Fez-se brilho
Refletida como um orgasmo,
Ápice do prazer dos sentidos
Nasceste...
Oh sublime Poesia.

Dedicada a todos que por ela se apaixonam!
Viva a Poesia!
beijos poéticos
Pupila
Enviado por Pupila em 14/03/2005
Código do texto: T6603
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
Pupila
São Paulo - São Paulo - Brasil
728 textos (22790 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/20 09:32)
Pupila