Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FICARAM NÓDOAS DO PASSADO... SAUDADES QUE FEREM!

 
Decerto algumas nódoas ficarão tingindo meu coração!

Algumas manchas de tristezas bordaram os olhos e fizeram algazarra na forma de ver e, agora, findando num último suspiro antes do pôr do sol, a lágrima insiste tentando nascer!

Algumas cicatrizes poderão ficar para marcar o seu tempo de vida e, quem sabe, representativas que são, me incomodem tanto ao serem tocadas que me forçarão prosseguir a deriva - tentando esquecer você!

Talvez, no meio de tantas cores eu me renda ao excêntrico colorido desconsiderando quem manchou tanto a minha vida num constante rasurar e siga para assinalar meus sonhos noutras paragens!

©Balsa Melo
12.09.2005
Campinas - SP

 
BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)
Enviado por BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO) em 20/09/2007
Código do texto: T661365
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)
Uberaba - Minas Gerais - Brasil
3010 textos (87928 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/17 22:52)
BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)