Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ainda Agora Sempre.











Ainda agora e sempre
Senti tua carne viva
Teu perfume na aurora
 
O pendulo do relógio
A me dizer às horas
Teus lábios vermelhos

Tua face delicada,um
Nada,um adeus somente
Teus gritos salientes

Nossos corações nobres
Satisfazem-se na plenitude
De nossas almas,quentes.

demetrioluzartes
Enviado por demetrioluzartes em 21/09/2007
Código do texto: T661523

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (demetrio luzart). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
demetrioluzartes
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
981 textos (36648 leituras)
12 áudios (774 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 05:50)
demetrioluzartes