Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto





ARAU
        CÁRIA 
                   PARANÁ.


VRUM!
VRUM!
RONCA A MOTO-SERRA
O TERROR DA MATA.
A NAVALHA QUE ASSOLA
CORTA DERRUBA AVANÇA
DESMATA FEROZ
E VORAZ DEVORA A VERDE MATA
JOGANDO-A 
AO GENTIL
SOLO QUE A AMPARA.

EI-LO: O PERVERSO
O INCONTIDO ALGOZ
A ANGÚSTIA DITA FERIDA E
AFLITIVA DA ANGUSTIFOLIA
O AUGÚRIO PRENÚNCIO 
DE UM DESERTO QUE ASSUSTA.

NÃO VÊS
HOMENS DAS MÁQUINAS
HOMENS DAS SERRAS
QUE A FLORESTA 
NATA DE ARAUCÁRIA
É UM NACO VERDEJANTE VIVO
DA MATA NATIVA
UM ABRIGO ECO BIO-DIVERSO
QUE DA MORTE NOS LIVRA?

PARA!
PARA PARANÁ!
PARA DE MATAR
ARAUCÁRIA? 
PARANÁ!

MANOELSERRÃO - SLZ/MA - TRINIDAD - 21.09.2007.


serraomanoel
Enviado por serraomanoel em 21/09/2007
Reeditado em 22/09/2007
Código do texto: T661798

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
serraomanoel
São Luís - Maranhão - Brasil, 57 anos
1502 textos (161977 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 22:51)
serraomanoel