Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Canoa Amarrada

Se vou além,
me identifico
com a canoa
e desejo ser
amarrada com cipó
a um pinheiro especial,
e eu mesma me questiono,
será que isso não é normal?

Não tenho medo
de sentir saudades
do tempo sem amarras,
pois mesmo
sem assim estar,
sinto-me a ele presa,
atada,
e não consigo
por mais que tente
escapar...

Ah, meu querido pinheiro,
devias uma coisa fazer,
ou me soltar de uma vez,
ou me prender mais apertado,
bem juntinho de você...
Maria
Enviado por Maria em 21/09/2007
Código do texto: T662270
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria
Blumenau - Santa Catarina - Brasil
4824 textos (195074 leituras)
1 e-livros (121 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 18:57)
Maria

Site do Escritor