Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O AMANHÃ VIRÁ SEM VOCÊ!


Rompe a aurora do dia,

assinala o sol com o colorir da pele!

Longo tempo e a noite chega suavizada pelo beijo da lua,

a cortina esconde a verdade e lhe preserva!

Não fure o pano do sol, ele entranha enfiando frestas adentro solfejando que o amanhã virá sem réplicas e, talvez, sem você!

©Balsa Melo
21.09.2005
ARES DE BRASÍLIA - RECIFE
 
BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)
Enviado por BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO) em 22/09/2007
Código do texto: T663201
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)
Uberaba - Minas Gerais - Brasil
3010 textos (87930 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 01:47)
BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)