Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Só se for agora

Se não prevenir
vem vento
Se cair de repente
é chuva
Se for quente
verão
Se te pegar de jeito
é música
Se mudar o mundo
é revolução
Se tiver injustiça
comigo é briga
Se for governo
é voto
Ser for corrupto
cadeia
Se for frio
pé na meia
Se for praia
coco água e areia
Se for trabalho
aumento
Se for pobre
sustento/ sustança
Se for chacina
matança
Se for periferia
cuidado
polícia/ rixa/ tráfico
injustiça
Se for rima
poema
Se for sistema
socialista
Se for ideologia
anarquista
Se subir no palco
artista
Se for de alegria
humorista
Se quiser me tirar do sério
salafrário
Se for filme
mistério
Se for amor
só se for agora
Se for governo/ Brasil
não ria
mas não é sério
Célio Pires de Araujo
Enviado por Célio Pires de Araujo em 22/09/2007
Código do texto: T663744

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (autoria de Célio Pires de Araujo). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Célio Pires de Araujo
São Paulo - São Paulo - Brasil
1144 textos (34033 leituras)
2 e-livros (236 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 03:38)