Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O sorriso no Graal

O sorriso no Graal Sérgio Portugal

Há muito eu busco um só luar
Que em teu olhar eu vi um dia
E que roubou minha alegria
Ao desaparecer no mar.

Há muito eu busco o teu semblante
Mas o teu peito, tão bonito,
Põe a distância do infinito
Em meu olhar a cada instante.

Minha alma hoje, assim, escoa
Nas valas sujas dos caminhos...
Mas meu sorriso adoça os vinhos
Que se erguem em brinde no Graal.

(Ainda há doce em meu olhar...)

Meu sonho pleno, intenso, voa
Buscando o Sol do teu carinho
Mas não o encontra... e é assim, sozinho,
Que ele retorna ao meu real.

E aí, meu quarto que era mudo grita alto
E o escuro dança sob a luz dos sentimentos
Que me jogam forte na parede.

Aumenta muito a minha sede...
Me desespero ouvindo, só, meus pensamentos
E sugo minhas gotas ainda vivas pelo asfalto...

Por fim, derrubo meu sorriso do Graal...
Me brota, então, no olhar, o sal.
SerH
Enviado por SerH em 23/09/2007
Código do texto: T664655

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
SerH
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
19 textos (601 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 12:48)