a casa

a casa era silêncio.

por dentro era silêncio.

por fora era uma casca.

a casa em que morava

quem amei.

a casa era vazia.

por fora ela dormia.

por dentro era mobília.

a casa que esquecia

de me olhar.

a casa que eu passava.

telhado, sonho e escada.

varanda, céu, toalha.

a casa em que eu morava

de algodão.

a casa mas no entanto.

a casa e pois o espanto.

o espanto e pois a rima.

a casa em que dormia

quem sonhei.

porém contudo a casa.

nem sol nem céu nem nada.

nem pranto e nem palavra.

a casa que sem asas

se avoou.

a casa que sem asas

se avoou.