Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Horas Amargas

Nestas horas amargas
que o tempo nos dá
a cabeça perfaz
sobre as possibilidades
que as mãos acalentam.

Possibilidades vazias
e de um silêncio
que troveja surdamente
nos cântaros da alma.

Você senta
e pensa:

- Por que continuar insistindo
por algo que já morreu
antes de nascer?

Só um burro ou uma mula
para carregar eternamente
o peso do vazio
que a morte já levou...

Maria
Enviado por Maria em 27/09/2007
Código do texto: T670471
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria
Blumenau - Santa Catarina - Brasil
4824 textos (195045 leituras)
1 e-livros (121 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 10:36)
Maria

Site do Escritor