Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MÃE DA RUA

Mãe da rua, pai nosso que não me quer
Acolhe os filhos meus, os filhos teus e de quem mais vier
Mãe da rua que não julga só está pra cuidar
Cabeça não foi feita pra bater e sim pra acariciar
Mãe da rua minha, que me escolheu
Que me abraça nas noites de frio
Que me dá o que alguém prometeu
Rua que aceita o preto, a puta e o ladrão
Não to aqui pra julgar ninguém, só procurar meu pão
Na rua o pai nosso é a oração de todo frouxo
Cada um é por ninguém e ninguém é cada um do outro
Não rua é que a graça tem cara de bicho
Rua, desgraça, cobertor, chão duro forrado de lixo.
Amém.
Bruno Andradi
Enviado por Bruno Andradi em 14/08/2019
Código do texto: T6719764
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Bruno Andradi
Montes Claros - Minas Gerais - Brasil, 40 anos
72 textos (503 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/08/19 01:34)
Bruno Andradi