Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O BÊBADO E O SERESTEIRO

Com o seu violão
Sai o seresteiro a tocar.

Belas as suas canções,
Quando ele consegue cantar.

Cheio de problemas, bebe para aliviar.
Coitado do bêbado! Só faz se arrasar.

Tentando resolver tudo, se destrói,
De bar em bar.

Perde a dignidade
E se volta para o luar.

Como vai terminar, ninguém saberá.
É de se lamentar, acaba até com o seu lar.
Gildete Vieira Sá
Enviado por Gildete Vieira Sá em 30/09/2007
Código do texto: T674521
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Gildete Vieira Sá
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil
1262 textos (28390 leituras)
1 e-livros (114 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 04:41)
Gildete Vieira Sá