Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tanta coisa do sertão

Tanta coisa do sertão


Tanta coisa do sertão
doce e pamonha de feira
forró pé-de-serra e baião
tem inhame e macaxeira
cantoria e pinga com limão

um cheiro danado de bom
no arroz-doce e no mungunzá
na morena faceira o batom
o ceguinho a pedir e a cantar
na fole o trinado de acordeon
e na feira o sertanejo a dançar

tanta coisa no meio do sertão
o vaqueiro com seu terno de couro
o boi correndo do cavalo alazão
uma lua e um sol e um tesouro
o cirandeiro segurando uma mão
no sertão um relicário de ouro.


Rangel Alves da Costa
blograngel-sertao.blogspot.com
Rangel Alves da Costa
Enviado por Rangel Alves da Costa em 25/09/2019
Código do texto: T6753824
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rangel Alves da Costa
Aracaju - Sergipe - Brasil, 56 anos
10318 textos (312647 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/19 21:11)
Rangel Alves da Costa