Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ASSIM NASCEU UM POETA...
Tarcísio R.
Costa

 
 
Um dia, ele partiu sem rumo,
Abandonou todas as
suas tralhas

Nos cantos da velha alcova escura...
 
Deixou tantas
palavras de amor

Nas
paredes do velho casarão...
Ficou
, gravado, o coração

Da
infância de beijos e abraços.
 
Adulto, ficou sem saber para onde
ia,
As
vicissitudes desnortearam o seu ser
...
 
Numa manhã escreveu uma
poesia
,
Vejam,
isso não era uma loucura
!
Foi
quando descobriu o que
queria,
Tomou a
decisão de ser um poeta
...
 
Nasceu-lhe uma
vida de fantasia
,
Criou,
então, seu próprio mundo
.
Tudo o satisfazia, o muito ou o pouco
...
Viu
que, na verdade, era um esteta

E
por fazer poesia, era um poeta,
Um amigo da natureza
...
 
Jamais um louco
.

Tarcísio Ribeiro Costa
Enviado por Tarcísio Ribeiro Costa em 01/10/2007
Código do texto: T676582
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Tarcísio Ribeiro Costa
Brasília - Distrito Federal - Brasil
547 textos (38288 leituras)
14 e-livros (613 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 13:04)
Tarcísio Ribeiro Costa