Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Estação do Amor

É nas manhãs de setembro
E nas tardes frescas também
Que as flores desabrocham
E os anjos dizem amém.
Sou uma flor a controverso
Recuso-me na primavera nascer
Quero, é na estação do outono,
Ver minha corola reviver.
Sou o reverso da flor
Em mim,
O outono,
é a estação do amor!
Surge a vida!
A emoção sentida!
A alegria,
Até então,
Contida!
Sou o reverso da flor,
No verão, sinto o calor,
Que desperta ardor
Sensação de desconforto
Ah! Quando março aparece
A natureza amarelece
E meu coração-flor,
Aquece-se!
Abro meus olhos à vida!
Denise Severgnini
Enviado por Denise Severgnini em 02/10/2007
Reeditado em 02/10/2007
Código do texto: T677973

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Denise de Souza Severgnini http://www.denisesevergnini.recantodasletras.com.br) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Denise Severgnini
Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul - Brasil, 58 anos
11345 textos (924609 leituras)
16 áudios (8891 audições)
311 e-livros (34215 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 00:36)
Denise Severgnini