Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Do que se muda...

Toca o telefone,
Atende esta porra...
Fica num doce,
Credo que pasmaceira,
Olha o espelho,
Reclama, reclamando, reclama,
Sentou o pé no vidro de novo,
Telefone que toca,
Até torrar o saco alheio,
Faz bico se fala alguma coisa,
Se não fala, fica de bico,
Se põe alguma ajuda,
Chora por faltar mais,
Toma de lado, outro choro,
Outra chamada, fio burro,
Acende a cara, apaga a lâmpada,
Aperta no peito mais dores,
Tantas máscaras, dores,
Telefone, dores, mas que porra,
Nem uma moeda para hoje,
Nem um sorriso para depois,
Tanto chora que lampeja,
Quando se afastam,
Fala que não tem mesmo sorte!

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 03/10/2007
Código do texto: T678454
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 58 anos
3231 textos (120534 leituras)
1 e-livros (243 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 19:05)
Peixão