Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Hoje eu vou chorar.

hoje eu vou chorar,
Vou chorar a dor que me causaram
Vou chorar a dor que está presa no meu peito.
Até que ela toda se vá ...e talvez não vá!
Vou chorar como  uma criança, espernear.
Vou soluçar todos os soluços que tranquei aqui nesse meu coração
tentando ser forte, tentando me esconder de Tí.

Vou chorar e abraçar-te, abraçar-te tão forte..
Vou sim, vou ser a criatura mais fraca e mais humana que já viste
Sobre a face da tua terra.
a criatura mais triste, de uma tristeza imensa
assim serão as minhas lágrimas.

cada uma delas encharcando tuas roupas e molhando tuas mãos
cada uma delas, cada gemiddo, cada grito, diante de Tí.

E depois que eu chorar tudo o que eu guardei dentro da minha alma.
ai, só ai eu te olharei, te pedirei perdão!
eu preciso antes me humilhar, me maldizer
me esvaziar de tudo que tá me matando..
Dos sonhs roubados
Das minhas razões!

E depois eu sei que o teu consolo vem.
Eu sei que não posso pular nenhum degrau
Pra chegar ai aonde estás
Ou te deixar chegar aqui: aonde estou!

Mas preciso chorar, preciso chorar muito.
até secar essa dor
até calar a  a minha voz
Até me ver nua de mim!
até que eu não mais me reconheça
Nesta tristeza que parece não ter fim!
Cristhina Rangel
Enviado por Cristhina Rangel em 03/10/2007
Código do texto: T679253
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cristhina Rangel
São Paulo - São Paulo - Brasil, 47 anos
1085 textos (28037 leituras)
19 áudios (664 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 09:29)
Cristhina Rangel