Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MAIS E MAIS

Hei de abrir os meus olhos pra novas versões
do sentido que faz; tanto faz o que seja
que desejo do mundo e de suas manobras;
dos acasos, dos casos, descasos também...
Deixo a vida fluir e me cobro atitudes,
obedeço aos impulsos construindo a sorte
que me cabe à medida que levo a caber
do meu jeito espontâneo, do jeito que dou...
Sei vestir pesadelos de mansas quimeras,
provocar primavera em qualquer estação
quando sou quaresmeira desnuda no outono...
Quero mais; hei de abrir os meus olhos batidos
para mais emoções do que a velha emergência
repetida na mesma iminência do fim...
Demétrio Sena
Enviado por Demétrio Sena em 06/10/2007
Código do texto: T682863
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Demétrio Sena
Magé - Rio de Janeiro - Brasil, 56 anos
3145 textos (63127 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 21:08)
Demétrio Sena