Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Diluindo Schopenhauer

Por vontade, ponho mais açúcar
E a cabeça negra do café se
Desenrola ao método da colher
Se afogando. Gesto profano, mas
Por vontade, apenas, por cega
Que é, mas forte, deformo a
Alma serena, o amargo natural,
A pena de muito redemoinho,
Pra um lado, pro contrário, pra
De novo, tentar, de única chance,
De inúmeros métodos torcer
O gosto racional do mundo.
Marina Mesquita
Enviado por Marina Mesquita em 14/02/2020
Reeditado em 14/02/2020
Código do texto: T6865925
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre a autora
Marina Mesquita
Fortaleza - Ceará - Brasil, 18 anos
155 textos (4762 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/02/20 08:32)
Marina Mesquita