Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DE CARINHO


cor de íris mística
na rosa que baila
sorvido emblema
entre o céu e eu.
cortina pálpebra
reticente retina
meu olho cora
quando depara
com a aurora.
sibilante nome
o seu é fonte
do som distante
resto de quarto
decorado no vazio.
na soleira dos pés
meus sapatos quedam!
o livro e o poema
mistura de audazes
compilação na palma
mão de tatuar leitura
desfralda lençol velho
qual bandeira.
varal de interior
fogueira de lenha
nada é daqui
sou eu tudo
não venho só
me cobri de ti.
betina moraes
Enviado por betina moraes em 14/10/2007
Código do texto: T693739

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
betina moraes
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 48 anos
391 textos (3642 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 23:40)
betina moraes