Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

As lagrimas do mundo

O que a natureza constrói
O homem devora com farinha
Farinha-natureza.
O céu cor-de-anís
Agora é cinzento
Da queima de cimento
Chamada trabalho
Que nós mesmos construímos.

O mundo é menino de olhos azuis
Perto do cigarro que engasga seus olhos claros
Vomitando fumaça
Irritando a retina
Que em lagrimas imploram
Lavando o rosto ressecado
Como a seca no sertão.

Esse menino ainda cresce
Vai cuspir o que fizeram
Vai afogar os cigarros
Com a pouca água que lhe resta
Vai ser o novo dilúvio
Sem Noé nem bicho
Da apenas um aviso

Cuidado, Há perigo!
Bicho-Homem em extinção...

aprendame
Enviado por aprendame em 15/10/2007
Código do texto: T695864

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
aprendame
Curitiba - Paraná - Brasil, 27 anos
15 textos (851 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 00:40)
aprendame