Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ódio

O despertar de meu calmo coração
O rompimento das minhas barreiras
A loucura que estava aprisionada
O monstro que se soltou

O ódio finalmente me dominou
O sangue subiu à minha cabeça
Destruição, caos, agressão
É tudo o que enxergo agora

Fiquei cego pela raiva
Apenas quero destruir tudo
Tudo que me fez agir como aji
Quero ferir quem me feriu

Implantar o medo em seus olhos
Estarei em seus pesadelos
Você criou esse ódio
Agora sou seu espelho

Um sentimento que rasga o corpo
Um sentimento que destrói a alma
Algo tão belo quanto a vida
Algo que me purifica

Agora que se dane o mundo
Eu não sou o único imundo
Quer me contrariar?
Vai fundo!

AAM
Enviado por AAM em 18/10/2007
Código do texto: T700351

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
AAM
Fortaleza - Ceará - Brasil, 28 anos
29 textos (1372 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 03:13)
AAM