Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SENSAÇÃO

Tenho sensação que,
embora esteja no meu tempo,
cante o meu tempo,
viva o meu tempo,
não serei lido no meu tempo.

Tenho a sensação
que escrevo como quem
enterra um tesouro
numa ilha deserta
e depois desenha um mapa
e põe dentro de uma garrafa
e lança no mar.

Tenho a sensação
que minha geração de leitores
não nasceram ainda;
e que serei um dia
talvez descoberto
por alguma criança
brincando na praia.

© Antonio Costta
18/07/2020

ANTONIO COSTTA
Enviado por ANTONIO COSTTA em 18/07/2020
Reeditado em 18/07/2020
Código do texto: T7009680
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
ANTONIO COSTTA
Itabaiana - Paraíba - Brasil, 48 anos
888 textos (122504 leituras)
51 áudios (1087 audições)
9 e-livros (278 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/09/20 20:41)
ANTONIO COSTTA