Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PEGADAS

Nas pegadas que deixo pela vida
Calejadas por minhas tantas reações
São os momentos de minha lida
Um sem fim de emoções
Mas, eis que a brisa se sensibiliza.
E, forja então, as sensações,
Com as quais me batiza...

Nas pegadas que ficam mutiladas
Em meio ao trânsito das aflições
Destruídas pelos sonhos rasgados
Por grandes ou pequenas razões,
Segredos mais que guardados
Que tendo ou não ligações
Calam num peito, encerrados...

Nas pegadas que talham a aparência
Abafam sons e camuflam privações.
Só o rastro de uma alma atordoada
Que em constante busca da essência
Dia após dia é martirizada, sangrada...
E, ao raiar do dia, renova a paciência,
Pra novamente ir à cata de soluções.
Tânia Regina Voigt
Enviado por Tânia Regina Voigt em 20/10/2007
Reeditado em 11/04/2009
Código do texto: T701891


Comentários

Sobre a autora
Tânia Regina Voigt
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil
1026 textos (50664 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/02/21 12:32)
Tânia Regina Voigt